ESTUDO SOBRE A EFICIÊNCIA TÉCNICA EM SAÚDE DOS MUNICÍPIOS DO SUDESTE PARAENSE.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Pública

Acessos neste artigo: 4


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível
AUTORIA

Lucas Bastos Brito , Edielson Pereira Paixão , Michel Melo Arnaud

ABSTRACT
O presente trabalho tem como objetivo mensurar a eficiência técnica dos municípios da região sudeste do estado do Pará na utilização dos recursos para prover serviços em saúde, e permitiu identificar disparidades entre os níveis de eficiência encontrados, tomando como referência os municípios que compõem a mesorregião sudeste paraense. O método utilizado no estudo para medir o grau de eficiência dos municípios foi a técnica de Análise Envoltória de Dados ou Data Envelopment Analysis (DEA), busca medir a eficiência relativa de um conjunto de Decision Making Units (DMU), ou Unidades Tomadoras de Decisões, em relação a uma fronteira eficiente. Como resultados do estudo foi perceptível a discrepância entre o grau de eficiência técnica entre os municípios, sendo que dos 30 municípios que compunham a amostra do estudo, 15 apresentaram um grau de eficiência excelente, 10 municípios obtiveram um grau de eficiência classificado como bom e 5 dos municípios da amostra obtiveram um fraco grau de eficiência. De modo a contribuir na formulação de ações de políticas públicas, o estudo aponta, a criação de uma rede institucional de relacionamento, os gestores municipais necessitam buscar alternativas através da troca de experiências e de alternativas bem sucedidas em municípios próximos ao seu contexto, também pela troca de conhecimento ou pela formação de parcerias entre os municípios na criação de redes de assistência à saúde que garantam o direito acesso aos serviços públicos de saúde.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Nelson Guilherme Machado Pinto 09-02-2021 12:50:35

O artigo trata de um tema relevante, isto é, a eficiência na área da saúde. A título de contribuição o trabalho poderia abordar melhor as fórmulas utilizadas na DEA, como por exemplo, a formulação do modelo BCC. Ademais, dois pontos a serem pensados no futuro é trazer uma literatura empírica sobre o assunto e ampliar o estudo por todo o estado do Pará para ter uma noção regional mais ampla.

Foto do Usuário Bruno Da Silva Soares 09-02-2021 12:50:35

Parabéns pela pesquisa. Estudos como este são importantes para a boa implementação das políticas públicas em saúde no Brasil. Nas considerações finais, foi muito bem destacada a importância da troca de experiências entre os gestores municipais, bem como a necessidade das parcerias. Pergunta: os autores consideram que houve mudanças na eficiência técnica desses municípios no panorama de pandemia que vivemos hoje? Seria possível uma comparação estatística dos dados da pesquisa com números atuais? Faço algumas observações para melhorar ainda mais o trabalho de vocês: - Complementar o referencial teórico com mais citações (incluir autores internacionais); - Na metodologia, deixar claro o tipo de pesquisa (qualitativa, quantitativa etc.). - Rever questões gramaticais: concordância verbal e nominal; sintaxe: em vários trechos o sujeito está separado do predicado por vírgulas. Alguns parágrafos contêm períodos muito longos, o que pode deixar a interpretação confusa. Sugiro que revisem os parágrafos acrescentando pontos seguidos no interior deles. No mais, parabéns pelo empenho e dedicação!