Em um Mundo com Tantas Opções, por que Mulheres Evangélicas Optam pela Restritiva Moda Comportada?

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Marketing

Acessos neste artigo: 5


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Rosemeire De Souza Vieira Silva , Caio Henrique Decicco De Carvalho , Larissa Luz Raposo , Matheus Eurico Soares De Noronha

ABSTRACT
O artigo explora como a religião influencia a escolha das vestimentas femininas de mulheres evangélicas e tem como objetivos: (1) Identificar os aspectos que influenciam a forma de se vestir de mulheres evangélicas explorando a imposição de usos e costumes; (2) analisar como as vestimentas contribuem na criação de identidade, senso de pertencimento à comunidade e seu significado; e (3) observar como o comportamento do consumidor é influenciado pelos construtos da identidade e da religião, no processo de escolha das roupas por um grupo religioso. Foram feitas nove entrevistas em profundidade com mulheres integrantes da comunidade religiosa, Igreja Assembléia de Deus. A investigação explorou a visão sobre práticas, valores e significados em relação ao consumo de moda evangélica. Foram abordados conceitos ligados à imagem, individual e coletiva, e os principais achados foram que a prática religiosa influencia no quanto essas mulheres se dedicam à escolha da roupa, mas não na definição de estilo. Este, está relacionado à herança cultural e carrega traços de identidade e valores pessoais. Isto faz com que elas se reconheçam e conservem a tradição religiosa. Este estudo apresenta contribuições para profissionais da indústria da moda evangélica, visando direcionar as ações de marketing para seu público alvo.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Maria Kélvia Ferreira De Araújo 09-02-2021 12:50:35

Tema inovador e atual. Apresenta uma escrita clara, e fluida. Parabéns pelo trabalho.

O artigo é interessante, mas relativamente obvio. Acredita-se que a abordagem etnográfica mencionada no estudo qualitativo não esteja corretamente classificada na metodologia, pois quando se adota tal abordagem o processo de imersão é maior do que o tempo de entrevistas apresentado. Geralmente estudos etnográficos se caracterizam por uma vivência prolongada e total com a comunidade objeto de estudo. Entretanto este detalhe não invalida a coleta de dados com base em entrevistas apresentado pela pesquisa.

O artigo está bem escrito, e o título é muito instigante.