Modelos Organizacionais e o Novo Serviço Público Brasileiro: Exemplos na Administração Pública Atual

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Pública

Acessos neste artigo: 5


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Elton Rogerio Teixeira Jacobi , Rodrigo Marques , Luis Moretto Neto

ABSTRACT
Este artigo apresenta o estado da arte sobre modelos organizacionais públicos, como eles foram influenciados pelos meios de produção e como estão relacionados ao novo modelo de serviço público, sendo elaborado a partir de uma pesquisa bibliográfica em livros e artigos científicos clássicos ou recentemente publicados na área de administração pública no Brasil, Europa e Estados Unidos. O presente artigo faz uma comparação de três modelos organizacionais utilizados como paradigmas de produção e coprodução de serviços nas estruturas administrativas públicas brasileiras ao longo da história. São analisados o modelo burocrático, o modelo gerencial e o modelo social. Cada um desses modelos foi substituído, através de Reformas Administrativas, por outro, em tese, mais moderno e de acordo com práticas utilizadas em outros países. Essa substituição progressiva de modelos do passado por novos modelos de gestão e de relação do Estado com a sociedade. Fica demonstrado com o presente estudo que os novos modelos possuem muitas características ainda tradicionais que estão arraigadas na tradição patrimonialista herdada, desde a colonização até os dias atuais, não sendo dessa forma uma plena ruptura com a história, mas apenas e tão somente, uma adaptação aos modelos de produção e coprodução de serviços.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

O trabalho trata de assunto relevante, possui fundamentação clara e objetiva.

Foto do Usuário Bruno Vinicius Rodrigues 09-02-2021 12:50:35

A implementação do novo serviço público no país é de grande relevância para a academia, seu estudo demonstra isso. Excelente!

Foto do Usuário Tatiana Becker Ventura 09-02-2021 12:50:35

O trabalho conseguiu trazer grandes contribuições à medida que comparou os três modelos organizacionais (burocrático, gerencial e social) que são de grande relevância na Administração Pública. O estudo apresenta linguagem adequada e coerente com o Estado da Arte.

Foto do Usuário Gislaine Borges 09-02-2021 12:50:35

O ensaio proposto pelos autores revela-se atual e relevante, no contexto da administração pública. A trajetória brasileira marcada pelos vários modelos organizacionais demonstra que o país evoluiu na prestação dos bens/serviços públicos. Todavia, ainda necessita melhorar em diversos aspectos, dentre os quais, reduzir o excesso de burocracia. O novo serviço público, referenciado pelos autores, representa essa tentativa de ruptura do antigo com o novo, ou seja, procura dialogar e se aproximar dos principais beneficiários das políticas públicas, quais sejam, os cidadãos. Muito interessante o trabalho, parabéns.

Foto do Usuário Jean Paulo Campos 09-02-2021 12:50:35

Vejo o tema como relevante na administração pública que aproveitaria muito de uma gestão de evidências mais eficiente. Os resultados poderiam apresentar prospecções mais amplas. No mais é uma excelente abordagem. Talvez seja interessante pontuar uma visão do gerenciamento de projetos ligados a portfólio que agregaria mais ao trabalho.