MODELOS DE GESTÃO ADMINISTRATIVA EM CAMPI AVANÇADOS DE UNIVERSIDADES FEDERAIS BRASILEIRAS: os casos do campus Rio Paranaíba da Universidade Federal de Viçosa e do campus Patos de Minas da Universidade Federal de Uberlândia

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Pública

Acessos neste artigo: 5


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Diego De Sousa Bernardes , Carlos Eduardo Artiaga Paula

ABSTRACT
Como um dos frutos das diversas ações do governo federal que visaram expandir, interiorizar e democratizar o acesso ao ensino superior no Brasil, foram criados vários campi avançados em universidades federais, especialmente na primeira década do século XXI. Contudo, os novos campi trouxeram o desafio de definir qual o modelo de gestão mais efetivo. Este trabalho buscará descrever como é modelo de gestão administrativa de dois destes campi criados entre 2006 e 2011: o campus Rio Paranaíba da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e o campus Patos de Minas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Pretende-se também, a partir dessa descrição, identificar os pontos fortes e fracos em cada um dos modelos de gestão administrativa adotados. A base teórica do estudo será norteada pelos princípios gerais da Teoria da Administração, além de outras formulações e aprofundamentos teóricos que serão construídos ao longo do desenvolvimento da pesquisa. Quanto à abordagem, o trabalho está inserido no campo da pesquisa social e é caracterizado como teórico-empírico de natureza aplicada, por se tratar de um estudo de caso. Em relação aos objetivos, trata-se de um estudo exploratório e descritivo, cujos dados serão coletados através de pesquisas documentais e entrevistas abertas, além da observação participante dos pesquisadores. A análise das informações obtidas será conduzida através da avaliação por triangulação de métodos que, por sua vez, levará a uma interpretação qualitativa por meio do método hermenêutico-dialético. Com o presente estudo, pretende-se também propor um modelo de gestão administrativa que agregue as práticas administrativas mais bem-sucedidas de cada campus estudado.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Cleidiane Mara De Souza Braga 09-02-2021 12:50:35

O artigo está muito bem escrito e aborda temática de grande relevância para a gestão das universidades federais brasileiras. É uma valiosa contribuição para o meio acadêmico. A sugestão é que seja apresentado o objetivo do trabalho de forma mais evidente na introdução. A pergunta é: a partir dos resultados obtidos, quais são as limitações da pesquisa? Parabéns aos autores!

Foto do Usuário Celeste Aparecida Lopes Da Silva 09-02-2021 12:50:35

Excelente trabalho, a temática é de suma relevância, visto que visa evidenciar como funciona a gestão administrativa das universidades federais. O trabalho ainda em desenvolvimento pode ser definido como um ganho para o ambiente acadêmico. Sugestão: Explorar mais os objetivos na introdução. Pergunta: Nos resultados constatou-se que o Campus UFV-CRP detêm maior autonomia administrativa, enquanto o Campus UFU-CPM, é dependente do Campus Sede. Para os autores a dependência do Campus Matriz impacta de forma negativa no crescimento da (UFU-CPM)? Parabéns aos autores pelo excelente trabalho.

Foto do Usuário Vilma Moraes Heluy 09-02-2021 12:50:35

O tema é relevante porém como a pesquisa está em desenvolvimento não é possível avaliar os resultados e consequentemente a sua contribuição. Espero que no próximo evento possa apresentar um artigo com os resultados da pesquisa.