PREVALÊNCIA DE COMPLICAÇÕES NEUROPÁTICAS E VASCULARES ASSOCIADAS AO DIABETES MELLITUS

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Educação Física, Nutrição, Fisioterapia e áreas afins na Gestão, Educação e Promoção da Saúde

Acessos neste artigo: 5


Certificado de publicação:
Certificado de Maria Carolina Costa Rezende
Certificado de Flávia Andrade Almeida

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Flávia Andrade Almeida , Maria Carolina Costa Rezende , Laís Gabriele Cassemiro , Ludmila Rodrigues Oliveira

ABSTRACT
RESUMO: O termo “pé diabético” é utilizado para denominar um conjunto de sinais e sintomas que se tornam um problema de saúde pública, em que há um aumento crescente de pacientes com a patologia. Esta pesquisa objetivou analisar a prevalência de complicações neuropáticas e vasculares associadas ao Diabetes mellitus. O estudo torna-se relevante uma vez que reforça a discussão acerca da importância da identificação do perfil do paciente que possa vir a desenvolver o pé diabético e/ou seus agravantes, de forma a direcionar a estruturação de um plano de cuidados que seja capaz de prevenir o surgimento de complicações pautado no controle glicêmico e orientações frente aos cuidados com os pés. Trata-se de um estudo documental e retrospectivo de natureza quantitativa, descritiva e exploratória baseada na análise de 134 formulários. O estudo revelou predominância da população feminina 80(59,7%) e faixa etária entre 52 a 73 anos 78(58,20%). Foi evidenciado que 62(46,3%) eram diagnosticados com DM tipo 2 tardio (há mais de 10 anos). Os acometimentos mais prevalentes estavam relacionados às alterações vasculares como a ocorrência de dor e pele fria.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Bianca Machado Ferreira 09-02-2021 12:50:35

Tema de extrema relevância devido aos cuidados minuciosos para o tratamento do pé diabético.

Foto do Usuário Ana Paula Franco Pacheco 09-02-2021 12:50:35

O tema diabetes está em constante relevância e novidades para futuros estudos, porém abordagem sobre pé diabético, em especial, encontra-se muito habitual, no sentido de, falta um diferencial em relação ao que já se encontra nos resultados das pesquisas recentes. O trabalho foi bem escrito, importante discussão, inclusive na ênfase que foi proposta na prevenção do pé diabético.

Foto do Usuário Camila De Lima Bento 09-02-2021 12:50:35

Tema relevante para a população em geral, principalmente no contexto de pandemia, em que observamos a importância da prevenção da obesidade e diabetes.

Foto do Usuário Nathália De Moura Figueiredo 09-02-2021 12:50:35

Artigo bem elaborado e escrito, além de apresenta uma temática relevante.

Foto do Usuário Janilson Noca Da Silva 09-02-2021 12:50:35

Parabéns aos autores pela escolha do tema e por sua abordagem.

Foto do Usuário Lidiane Vitória Souza 09-02-2021 12:50:35

Diabetes Mellitus é uma doença de grande prevalência e quando não tratada corretamente provocam complicações, por isso este artigo é de grande relevância para todos.

Foto do Usuário Daniel Freitas Rodrigues 09-02-2021 12:50:35

Parabenizo aos autores pelo desempenho e responsabilidade frente a um tema de suma importância da atenção básica. O texto contém objetivo e escrita claros, além da completa revisão de literatura às discussões: desde a DM em si, quanto aos processos pró-inflamatórios e oxidativos descritos. Entretanto, o método de análise de prevalência do pé diabético poderia ser mais bem trabalhado. Isso porque os pacientes, segundo as informações do texto, seguiram os exames em uma demanda espontânea - não ficou claro se os pacientes estão cientes da pesquisa, nem mesmo se houve um Comitê de Ética acerca das análises sobre os pacientes. Além disso, o número prontuários analisados (134) é limitado no sentido de ter uma real proporção da fisiopatologia e seus alcances na população. Ainda assim é um ótimo artigo, meus parabéns.