O VALOR JUSTO E O DILEMA DA SUA SUBJETIVIDADE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Contabilidade

Acessos neste artigo: 4


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível
AUTORIA

Nayna Nali Teixeira , Sarah Waichert Ramos

ABSTRACT
O Valor Justo é um tema em debate desde a sua existência. Hoje ainda há muita dissenção quanto a usá-lo ou não. Dentro deste âmbito se encaixam a objetividade e relevância da informação contábil, assim como a subjetividade na mensuração contábil. Tendo em vista tais questões, o objetivo geral deste artigo por meio de ensaio teórico é trazer reflexões e argumentações quanto ao uso do Valor Justo, e como objetivo principal questionar o impacto da utilização de subjetividade na apuração e avaliação de um ativo a valor justo através das perguntas: Por que a subjetividade pertencente ao valor justo não é melhor explorada dentre os métodos de avaliação de um ativo?  Porque o nível 3 de hierarquia do valor justo tem sido pouco estudado? É nesse sentido, portanto, que este ensaio teórico também insere as normas contábeis, o posicionamento de alguns autores, a discussão de alguns trabalhos e junto disto traz as críticas existentes e a necessidade em qualidade e quantidade de mais pesquisas na área.
Palavras chave: valor justo; subjetividade; relevância; níveis de mensuração; críticas.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Murillo Epifanio De Almeida 09-02-2021 12:50:35

As nuances de construção em relação a transição para o valor justo são muito esclarecedoras. E o tema é bastante pertinente visto que poucos trabalhos realmente abordam a crítica feita aqui. Uma sugestão seria partir do ensaio teórico para um artigo empírico. Há esse intuito das autoras e subsídios para partirem pra um trabalho empírico e realmente testarem esta subjetividade?

Trabalho bem estruturado e fundamentado. Tema atual e relevante.Talvez em um próximo ensaio as autoras possam abordar mais o tema de forma pratica. Ja pensaram em parametrizar o valor justo de um jogador de futebol?

Foto do Usuário Pedro José Raymundo 09-02-2021 12:50:35

Como sugestão, esclarecer melhor na conclusão que os objetivos foram alcançados e para orientar pesquisadores sugerir pesquisas futuras mais direcionadas como, por exemplo, ampliar estudos sobre a influência do valor justo na expectativa do investidor ou relacionados a outros aspectos específicos. Os autores pensaram a respeito da relação entre o valor justo e a sustentabilidade das empresas? Parabéns, o trabalho está bem elaborada e é muito interessante.

Foto do Usuário Jose Arilson De Souza 09-02-2021 12:50:35

Conteúdo com relevante contribuição para a área de pesquisa.

Foto do Usuário Yasmin 09-02-2021 12:50:35

Tema muito relevante e atual. Em algumas faculdades, o conteúdo sobre valor justo, acaba não sendo ministrado com a devida importância, justamente por causa da subjetividade. O artigo apresenta várias possibilidades de continuação, como citados pelas autoras, a possibilidade de mensuração do Ativo Biológico (CPC 29). Sugiro que as autoras, apresentem casos ou utilizem um CPC, para exemplificar e enfatizar a subjetividade encontrada. Já pensaram em fazer um estudo de caso com produtores rurais?

Foto do Usuário Felipe Matheus Monteiro Ribeiro 09-02-2021 12:50:35

Tema de grande interesse na área contábil. Apesar de ser uma discussão antiga quanto à adequação do método de mensuração mais fidedigno, ainda possui uma abordagem bem pertinente no momento atual. Dentre as minhas contribuições que tenho a ressaltar sobre o artigo, ressalto: Desenvolver melhor algumas das ideias quando um autor for citado ao longo do texto, a exemplo de Souza et al (2011) na introdução; O artigo poderia ter citado anteriormente os níveis dos itens mensurados a valor justo, haja vista que ele foi citado algumas vezes ao longo do texto, num momento anterior à explicação do que eles seriam no item de de normatização contábil; Por fim, detalhes como o espaçamento de linhas, em consonância ás normas da ABNT, e pontos gramaticais, bem como a presença de elementos que forneçam uma melhor coesão textual precisam ser revistos. Em síntese, acredito que o artigo está com um embasamento teórico excelente, com a presença de grandes autores da área sendo referenciados. Além disso, acredito que este artigo pode evoluir para um estudo de caso, no qual seria feito uma análise comparativa dos métodos de mensuração - tendo como base a influência da subjetividade e relevância - observando o impacto a nível gerencial e patrimonial da mudança desse critério, bem como as repercussões geradas por aqueles usuários externos da informação. No mais, parabéns aos autores pelo trabalho desenvolvido.