ANALYSIS OF THE SOCIAL INDICATORS OF COMPANIES IN THE BRAZILIAN ELECTRIC POWER SECTOR: A PANEL DATA APPROACH

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Contabilidade

Acessos neste artigo: 3


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Antônio Carlos Magalhães Da Silva , Jairo Machado De Oliveira , Paulo Roberto Da Costa Vieira , Claudio Marcos Maciel Da Silva

ABSTRACT
The present research is related to the theme of Internal Social Indicators (ISI), whose main objective is to analyze and verify if the variables independent of the proposed hypothetical model influence the ISI behavior. The selected companies are from the Brazilian electric sector and the period for examination was understood between 2013 to 2016.
To reach the objective of the research, an analysis of the secondary data collected in the sites of each selected company was carried out, where the sustainability reports and, in particular, the social report (BS) were verified.
The results of the proposed model indicated that the companies that invest most in ISI are those that have a better profitability of their assets and with a low level of indebtedness.
The applicability of the research is directed to the management of people, constructing to identify those companies that most invest their resources in ISI, evaluating the positive or negative relationship with the economic-financial indicators. Its result shows the companies that stand out and have this differential factor in the evaluation of the actuaries, workers and stakeholders.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Altieres Frances Silva 09-02-2021 12:50:35

O tema é atual e nota-se o esforço dos autores no desenvolvimento do artigo. Sugiro a inclusão de referências atuais (principalmente publicadas em periódicos internacionais caso os autores pretendam publicar o artigo), bem como a revisão do texto; seria interessante ter colocado o resumo em português. Na introdução, não foi justificado o porquê analisar o setor elétrico. Qual a relevância de se analisar os indicadores sociais dessas empresas brasileiras? Na metodologia: Por que os dados iniciam em 2013? Houve outliers na amostra e, em caso afirmativo, como foram tratados? Não foi informado se os testes de adequação do modelo foram realizados (VIF, Breusch-Pagan, multicolinearidade). Nos resultados, a Tabela 1 apresenta os resultados da regressão, mas os autores falam em "correlação" (inclusive, não foi apresentada a correlação entre as variáveis); há pouca confronto entre os resultados e a literatura. As considerações finais foram bem estruturadas; sugiro apenas evitar citações nessa seção e dar mais destaque às contribuições da pesquisa, colocando-as antes das limitações.

Foto do Usuário Lucas Gomes Mendonça 09-02-2021 12:50:35

Discussões sobre indicadores socioeconômicos no setor de energia têm sido relativamente frequentes no ambiente acadêmico, talvez a maior contribuição do estudos seja o uso de dados em painel. Por outro lado, o artigo apresenta problemas de estrutura e de formatação, o resumo, por exemplo, deve ser apresentado em parágrafo único e as referências e citações, por vezes misturam o padrão ABNT com APA (uso de “&”, por exemplo). Observa-se que as referências adotadas, são em boa medida, desatualizadas. As análises poderiam, em algumas situações, aprofundar mais a discussão ao invés de ficar presa a dados que já estavam apresentados nas figuras. Senti falta de um parágrafo de fechamento da seção de análise dos resultados. Seria possível ajustar os critérios de seleção para elevar o tamanho da amostra?

Foto do Usuário Amanda Vitória Vieira Da Silva 09-02-2021 12:50:35

O esforço dos autores é notório, a começar pelo diferencial de ter sido escrito em inglês. O trabalho foi bem conceituado, no entanto apresenta alguns erros de formatação padrão de artigos. A escolha da amostra e e seu período é deveras importante pois, há estudos de outros períodos que resultam em informações diferentes, o que também leva a conta a análise em questão. Os índices de sustentabilidade tratam-se de um assunto que ainda há muito que ser explorado e que pode se ramificar em outras perspectivas. A escolha do setor elétrico foi inteligente ao aliar um assunto que remete a responsabilidade social e ambiental, uma vez que, em suma, a energia gerada no Brasil vem praticamente de fontes de energia limpa. Parabéns aos autores.