STOCK SENTIMENT E O GERENCIAMENTO DE RESULTADOS NO BRASIL

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Finanças

Acessos neste artigo: 4


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Alexandre Esteves , Pedro Guilherme Ribeiro Piccoli

ABSTRACT
O presente artigo analisa a influência do sentimento do investidor em relação às ações individuais (stock sentiment) no gerenciamento de resultados das empresas brasileiras de capital aberto, entre os anos de 2010 e 2018. Estudos prévios de Simpson (2013) demonstram uma relação positiva entre o sentimento do investidor para com o mercado em geral (market sentiment) e o gerenciamento de resultados por accruals discricionários anormais, através da análise das empresas participantes da NYSE, NASDAQ e AMEX. No entanto, diferentemente do que ocorre com o market sentiment no mercado norte-americano, o stock sentiment estabelece uma relação negativa com a manipulação de resultados das companhias brasileiras, ao passo em que o market sentiment não apresentou relação significativa. Os resultados apontam para uma possível propensão ao risco de se gerenciar resultados por parte dos gestores, quando se deparam com perdas conhecidas no mercado de capitais.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Fábio Chaves Nobre 09-02-2021 12:50:35

O Artigo está muito bem escrito e com uma sequência lógica consistente desde a constituição da contextualização do tema, problema de pesquisa, objetivo, justificativa, referencial teórico, metodologia, resultados até a considerações finais. Sugiro, aos autores, tentar identificar os vieses cognitivos e emocionais e incorporá-los no modelo proposto. Faço a seguinte pergunta: Quais os tipos de sentimentos relacionados as heurísticas que influenciam o modelo proposto?

Foto do Usuário Samy Mesnik 09-02-2021 12:50:35

A abordagem é relevante e importante para o momento. A proposta do estudo é replicar uma pesquisa norte-americana, porém sem explicações sobre o motivo da seleção da amostra de empresas brasileiras. O período selecionado para o estudo é abrangente e atual . Carece um pouco de detalhamento sobre a escolha do procedimento econométrico e seus testes de robustez. Trabalho bem escrito e com conclusões satisfatórias.

Foto do Usuário Paulo Moisés Alves Da Silva 09-02-2021 12:50:35

O artigo está muito bem construído e com uma ótima apresentação de resultado e conclusão. A metodologia seguiu o tratamento adequado e a amostra foi bem definida.