Guerreiro Ramos, a Redução Sociológica e a Teoria Institucional

Temas: Teoria das Organizações


Certificado de publicação:
Certificado de Ely Severiano Junior

Acessos nesse artigo: 2


AUTORIA

Diego De Oliveira Da Cunha , Ely Severiano Junior , Francisco Lindoval De Oliveira

ABSTRACT
O objetivo deste artigo é realizar uma analogia acerca dos sentidos da redução sociológica proposta por Guerreiro Ramos (RAMOS, 1981) e os isomorfismos vistos na teoria institucional (DIMAGGIO e POWELL, 2005), apresentando um possível distanciamento e proximidade entre os dois conceitos através de uma revisão bibliográfica. A pesquisa tem um cunho exploratório, por não ter sido encontrado nenhuma pesquisa ou artigo que tenha conciliado ou agrupado Guerreiro Ramos e a Teoria Institucional. Pode-se observar que os três sentidos da redução sociológica e a teoria institucional não estão em desacordo, apesar dos sentidos da redução sociológica ser um estudo direcionado para descrever o comportamento do desenvolvimento da sociologia nacional e a teoria institucional ser um estudo organizacional clássico utilizado para explicar o comportamento de organizações de diversos fins, podemos observar algumas similaridades em seus conteúdo entre as duas teorias, e que podem ser complementares. Por fim, esse artigo permitiu fomentar a possibilidade de permitir a existência de futuras pesquisas com essa temática com uma maior profundidade.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Raja Khalil 09-02-2021 12:50:35

A conclusão me pareceu "tímida", não dialogou com o referencial teórico. Faltou incluir as "racionalidades" discutidas por Guerreiro Ramos, estas poderiam contribuir com a proposta da pesquisa. Aproveito para parabenizar pelo trabalho, coragem e ousadia para discutir tal proposta.

A discussão dos resultados poderia ser mais ampla e aprofundada. O trabalho pode utilizar bibliografias internacionais para a discussão ser mais robusta.