OS JOVENS, AS FINANÇAS COMPORTAMENTAIS E O ENDIVIDAMENTO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Finanças

Acessos neste artigo: 3


Certificado de publicação:
Certificado de Késsia Raquel Matos Garcia

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Érico Veras Marques , Wanessa Hellen Santana Do Nascimento , Lianderson Matheus Leite De Oliveira , Késsia Raquel Matos Garcia

ABSTRACT
Partindo da Teoria das Finanças Comportamentais, o estudo tem como objetivo analisar como os jovens, os instrumentos de crédito e o endividamento se relacionam. Dessa maneira, possui a seguinte questão de pesquisa: De que forma os jovens têm feito uso dos instrumentos de crédito financeiro e como os aspectos comportamentais provocam o seu endividamento? Acerca da abordagem do problema, a presente pesquisa caracteriza-se por ser de natureza qualitativa (estudos de casos), a qual fez uso da técnica de análise de conteúdo das entrevistas para se chegar aos resultados, com base nos pressupostos levantados no estudo. Os resultados demonstram a utilização majoritária do cartão de crédito e do cheque especial, dentre os entrevistados. Observou-se que o público da pesquisa conhece pouco a respeito dos instrumentos de crédito que utilizam, principalmente em relação às taxas de juros. Esse resultado sugere que a educação financeira direcionada à juventude pode ser necessária. Demonstram também que existe uma relação entre o uso desses instrumentos com as finanças comportamentais, uma vez que foram identificados padrões de comportamento que corroboram para o endividamento. Entretanto não foram evidenciadas situações de endividamento, na amostra estudada, o que pode ser justificado pelo perfil da amostra ser compostos eminentemente de jovens com ensino superior completo e/ou incompleto.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Francisco Mesquita De Oliveira 09-02-2021 12:50:35

Tema relevante, sujeitos da pesquisa bem pertinentes e metodologia adequada. Mas a análise textual apresenta alguns excessos, ajustando-se a linguagem o texto poderia ser menos prolixo. Além disso, a mim me pareceu que faltou incluir na análise a variável capitalismo, pois um dos elementos fundamental do endividamento das pessoas consiste, também, na manutenção e reprodução do sistema financeiro que é parte do sistema capitalista.

Foto do Usuário Fábio Chaves Nobre 09-02-2021 12:50:35

O tema é relevante para a academia e o mercado. O artigo está bem escrito, bem estruturado e com o problema de pesquisa bem definido. Porém no referencial teórico faltou uma ligação entre os subtópicos, principalmente o que discute as finanças comportamentais com os outros temas. Na metodologia creio que tenha faltado embasamento para a construção dos pressupostos, bem como a descrição da coerência interna da pesquisa. O processo de amostragem (qualitativo) não está claro o que prejudica a análise dos resultados e considerações finais. Sugiro incluir uma tabela de coerência interna na metodologia e descrever o processo de amostragem. Pergunta: Quais vieses cognitivos e/ou emocionais que influenciam a tomada de decisão de endividamento?

Foto do Usuário Ivanilda Silva 09-02-2021 12:50:35

O texto está bem estruturado. Entretanto, no início do texto há excesso de pontuação (vírgulas), o que diminui a fluidez da leitura. Não ficou claro o critério da escolha dos jovens entrevistados. Certamente, por conveniência, mas quais foram os critérios para a escolha? Nível educacional? Quanto à metodologia, qual autor foi utilizado como base para a análise de conteúdo? No meu entendimento, a rigor, não foi aplicada a técnica de análise de conteúdo. Foi aplicado um questionário com questões abertas que não se configuram como entrevistas propriamente dita.

Foto do Usuário Dulce Helena Teixeira E Silva 09-02-2021 12:50:35

Tema relevante, bem escrito. Resultados não ficara

Foto do Usuário Vania Regina Morás 09-02-2021 12:50:35

Tema sempre atual e pertinente. Artigo bem estruturado e bem escrito. Faltou clareza, do por que da escolha da amostra. Faltou caracterizar essa amostra.

Tema bem trabalhado e pertinente. Com o aumento do consumo durante a pandemia, especialmente em compras pela intenet, quais os apectos psicológicos e comportamentais que influenciam esse jovens?