A UTILIZAÇÃO DO PEDAGOGO EMPRESARIAL COMO FERRAMENTA DE ALINHAMENTO ESTRATÉGICO: UM ENSAIO TEÓRICO

Temas: Gestão estratégica


Certificado de publicação:
Certificado de ALBERDAN JOSÉ DA SILVA TEODORO

Acessos nesse artigo: 1


AUTORIA

Rafael Rodolfo Sartorelli Sadocco , Ana Luiza Cordeiro Pereira , Alberdan José Da Silva Teodoro

ABSTRACT
Este artigo busca demonstrar que o pedagogo empresarial pode ser utilizado em favor das estratégias corporativas de uma organização. Para tanto, utilizou-se a pesquisa bibliográfica como método, a partir de artigos e livros que versavam sobre a pedagogia empresarial e estratégias corporativas. Percebeu-se que assim como a pedagogia, a pedagogia empresarial tem suas bases muito fortalecidas na formação do sujeito, sendo que esta última tende também a engrandecer o profissional em um ambiente não formal de ensino, o que é fundamental para a robustez organizacional em um contexto em que o conhecimento é peça chave independente da indústria em que se atua. Concluiu-se que os pedagogos empresariais, quando inovadores, motivados e cientes de sua relevância tanto para a organização como para os demais colaboradores, são fundamentais para qualquer processo estratégico organizacional. Todavia, as empresas devem estar igualmente cientes da relevância desses profissionais, para ampará-los em seus procedimentos.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Alisson De Moraes Bastos 09-02-2021 12:50:35

O estudo possui grande relevância dado o ambiente político e empresarial que o país experimenta. O conflito de ideias entre o capitalismo e a pedagogia pode ser amenizado pelas contribuições deste trabalho ao indicá-la como instrumento estratégico. Sugiro uma maior atenção ao capítulo da metodologia, revisões sistemáticas costumam esclarecer todas as formas de coleta e análise de dados. Também sugiro a construção de um capítulo de discussão da revisão que debata a teoria e a prática organizacional sob a ótica da pedagogia corporativa e indique os caminhos futuros que o campo deve percorrer assim como apresente críticas aos estudos empíricos indicando lacunas. Neste sentido deixo as seguintes questões: De acordo com os achados da pesquisa, a pedagogia corporativa deve ser comparada a pedagogia tradicional? De que forma o ambiente corporativo afeta a atuação do pedagogo empresarial?

Parabéns aos autores por tão importante tema para o cenário corporativo atual, pelos desafios frente ao desenvolvimento tecnológico, frente às exigências do mercado, frente às demandas de inventividade para dar a volta por cima de todas as dificuldades hodiernas, cujas abordagens foram muito bem assertivas e embasadas em autores do melhor quilate teórico. Tudo muito bom mas permita-me abordar o título que deveria remeter à utilização da ferramenta da Pedagogia e não ao uso da Categoria Profissional do Pedagogo, equívoco relevante posto que rotula o brilhante texto apresentado. Parabéns pelo trabalho. POR QUE NÃO HOUVE REFERÊNCIA À FORMAÇÃO CONTINUADA? NO ENTENDER DA PEDAGOGIA CORPORATIVA ISSO DEVERIA SER ESSENCIAL?