Educação Empreendedora: Uma análise da relação entre a participação no Desafio Universitário Empreendedor e a atividade empreendedora dos semifinalistas do estado do Rio de Janeiro

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Empreendedorismo e inovação

Acessos neste artigo: 1


Certificado de participação:
Certificado de Ariele Silva Moreira Rodrigues

Certificado de publicação:
Certificado de Ariele Silva Moreira Rodrigues

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Natiane Guarda Dos Santos Mattos , Ariele Silva Moreira Rodrigues , Denise Carvalho Takenaka

ABSTRACT
A propagação da visão e do comportamento empreendedor por meio da educação ganhou grande relevância nos últimos tempos e vem sendo cada vez mais incentivada e praticada. As instituições de ensino, principalmente, as de ensino superior têm se preocupado com a formação de profissionais que possuam além do conhecimento necessário para a área de atuação, a habilidade de inovar e ser criativo, perceber e entender o ambiente a sua volta, transformando-o com soluções práticas e inovadoras. O Sebrae como instituição responsável pelo desenvolvimento de novos negócios no Brasil, viu a necessidade de um projeto baseado no ensino empreendedor e criou o Desafio Universitário Empreendedor (DUE), que faz parte do Programa Nacional de Educação Empreendedora (PNEE). O DUE visa preparar os jovens universitários para o mercado de trabalho, por meio do ensino do empreendedorismo utilizando a educação empreendedora como forma de aprendizagem. Com a aplicação de estratégias como: o uso de games, o ensino por imersão e desenvolvimento de projetos; estimulando os alunos a desenvolver atividades empreendedoras no ambiente em que estão inseridos. O presente trabalho tem como objetivo analisar a relação entre o DUE e as posteriores atividades empreendedoras desenvolvidas por seus ex-participantes. Os resultados evidenciaram as principais características comuns aos participantes, além da percepção de cada um deles sobre a importância e os resultados que o DUE gerou e, ainda, a visão que os próprios participantes têm da educação empreendedora como um importante instrumento de aprendizagem.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Adriana Berno 09-02-2021 12:50:35

RESUMO O texto deve apresentar de forma concisa os aspectos de maior relevância do estudo, os objetivos, a metodologia usada e os resultados obtidos. A relevância e ampla e não teve foco. INTRODUÇÃO O texto deve apresentar a problematização, a justificativa da escolha do tema e os objetivos do trabalho. O texto não apresenta a problematização, a justificativa da escolha os objetivos e como chegaram ao resultado REFERENCIAL TEÓRICA Deve ser escolhido um título geral que englobe todo o tema abordado na seção, e subdividido conforme a necessidade. Atendeu 80%, METODOLOGIA Ausência de objetivos do estudo. NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO ARTIGO CONSIDERAÇÕES FINAIS O texto deve apresentar os resultados alcançados de forma sintética; apontar, se possível, novas possibilidades de pesquisa visando o aprimoramento do tema estudado; Qual a intenção do artigo, incentivar o empreendedorismo, ou demonstrar o resultado de ser empreendedor?

Foto do Usuário Léia Maria Erlich Ruwer 09-02-2021 12:50:35

O tema é relevante, oportuno e contemporâneo. Escrita clara e fluída. Parabéns pela realização! Especialmente no momento em que vivemos, as contribuições aos estudos do comportamento empreendedor por meio da educação são fundamentais para a sociedade. Entretanto, o objetivo parece estar melhor explicitado no resumo do que na introdução. Como contribuição, pergunto: Que afirmativas são possíveis fazer acerca da contribuição do DUE para o desenvolvimento do comportamento empreendedor dos universitários envolvidos?

Foto do Usuário Leandro Cesar Moreira Santos 09-02-2021 12:50:35

Título:''...DOS SEMIFINALISTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO'' Semifinalista de? Poderia ter uma maior fundamentação teórica.

Foto do Usuário Beatriz Rodrigues Silva Bockorni 09-02-2021 12:50:35

O estudo alcança o objetivo proposto, contudo não avança no debate. Embora esteja adequadamente redigido e organizado, erros de pontuação e digitação e concordância nominal/verbal deficiente comprometem sua qualidade. No resumo, não há referência a metodologia adotada. A seção destinada a revisão de literatura restringiu-se a uma literatura informativa e nem sequer referiu-se aos clássicos ou mesmos pesquisadores atuais que investigam o empreendedorismo. Ademais, a literatura informativa citada (Sebrae e GEM) pode ser atualizada. Vale salientar que o manuscrito possui uma visão essencialista do empreendedor. Sugiro amadurecer tal debate e resgatar a noção de ação empreendedora, discutida na produção científica da última década. Os procedimentos metodológicos foram precariamente apresentados quanto a escolha da amostra e a forma como se deu o tratamento dos dados. Os depoimentos trazem dados ricos que poderiam ser melhor explorados, inclusive, analisados à luz do referencial teórico proposto. Deste modo, a pesquisa empírica não dialogou com a revisão de literatura. Por fim, o trabalho não apresenta elementos suficientes em sua análise para considerar-se, quanto aos fins, do tipo explicativo.