A inovação com base no pensamento lean: Estudo de caso do uso do kaizen em uma indústria calçadista em Fortaleza/CE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão de Operações e Logística

Acessos neste artigo: 1


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Claudio Azevedo Peixoto Junior , Ana Larissa Rodrigues Da Paz , Fernanda Aurilene Martins Evangelista , Israel Rocha Estevam

ABSTRACT
Este artigo tem por objetivo geral: analisar a contribuição do pensamento lean para a melhoria dos processos dentro de uma indústria calçadista, considerando aspectos como: qualidade, produtividade e a gestão visual da empresa. Neste trabalho destaca-se o kaizen por sua relevância, propondo uma mudança de mentalidade e comportamento em todos os profissionais da empresa, estando centralizado nas pessoas, uma vez que são elas quem executam as ações da empresa e assim aumentam a produtividade e eliminam os desperdícios. A metodologia utilizada é de caráter exploratória, natureza qualitativa, tendo como meios de investigação a pesquisa bibliográfica e estudo de caso com a apresentação das propostas e resultados alcançados. Com a utilização do pensamento lean gerou-se muitos ganhos para a empresa como a redução do lead time e principalmente redução dos custos, confirmando a eficiência e eficácia das ferramentas do lean. Além disso, o pensamento lean, visa aprimorar e melhorar a forma de administrar a inovação, fazendo com que a empresa se desenvolva de forma inovadora, criando processos mais rápido de verificação e aprendizado.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Excelente trabalho, lean é uma área maravilhosa!!!

Foto do Usuário Eder Luz Xavier Dos Santos 09-02-2021 12:50:35

Quando se lê o título do trabalho se imagina que serão apresentados alguns resultados pontuais relacionados ao Lean. Visto que está no Objetivo geral: analisar a contribuição do pensamento lean para a melhoria dos processos dentro de uma indústria calçadista,considerando aspectos como: qualidade,produtividade e a gestão visual da empresa. Porém, ao se fazer a leitura do mesmo note-se que as figuras contempladas no texto estão voltadas mais para um programa 5 s do que o LEAN. Há divergência entre o que se propõe nos objetivos com os resultados apresentados, notei falta de apresentação de resultados e principalmente e qual departamento foi executado, quantas pessoas envolvidas? O questionário de pesquisa muito limitado, visto que somente cinco perguntas abertas foram feitas e não se apresentou para quem foram feitas. Qual o perfil dos respondentes?