EMPREENDEDORISMO NO SETOR DE TURISMO E ENTRETENIMENTO: UM ESTUDO DE CASO

Temas: Empreendedorismo e inovação


Certificados:
Não disponível

Acessos nesse artigo: 3


AUTORIA

Frederico Romel Maia Tavares , Cícero Eduardo De Matos Casimiro , Francisca Jeanne Sidrim De Figueiredo Mendonça , Dyesla Leandro De Souza

ABSTRACT
O empreendedorismo é a ação de empreender e tomar a iniciativa em busca de um objetivo. O fenômeno do empreendedorismo tem sido estudado ao longo dos últimos tempos e tem evoluído rapidamente visto as mudanças no mundo, nas economias modernas, na rapidez das informações e na inovação. Esta pesquisa foi realizada na Região do Cariri cearense a qual possui grande potencial turístico e foi focada em um estudo de caso único para classificar a abordagem de empreendedorismo de um parque aquático conforme proposto por Julien (2010). O trabalho foi conduzido, inicialmente com uma revisão da literatura e posteriormente uma pesquisa qualitativa por meio de um roteiro de entrevista aplicado com o empreendedor, além da visita in loco ao empreendimento. O empreendimento foi fortemente classificado na abordagem geográfica ou de economia regional. Para pesquisas futuras, sugerimos trabalhos que classifiquem novos empreendimentos de acordo com as abordagens, como também trabalhos que permitam desenvolver modelos de gestão que apoiem a consolidação dos empreendimentos.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Ricardo Tadeu Soares Santos 09-02-2021 12:50:35

Como se trata de pesquisa envolvendo seres humanos, com questionário e entrevista como ferramentas, sugiro acrescentar o registro do Comitê de Ética em Pesquisa. Houve Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE)? geralmente utilizado em trabalhos com metodologia semelhante.

Foto do Usuário Myriam Angélica Dornelas 09-02-2021 12:50:35

Agradeço pela possibilidade de avaliação do trabalho. Segue abaixo algumas considerações: - Indico que coloquem claramente o objetivo do trabalho no Resumo. Não está descrito claramente. - No resumo o termo "in loco" deve vir em itálico, de acordo com a ABNT, termos estrangeiros devem ser em itálico. - O trabalho acadêmico não deve utilizar verbos na primeira pessoa, seja no singular ou plural. Indico alterar o "sugerimos" no Resumo. - Na citação, dois autores entre os parênteses, devem ser separados por ponto e vírgula (;) e não com "e". Alterar ao longo do trabalho. - Por último, percebi como problema mais grave a indicação em Método pela realização de uma Pesquisa Básica. Recomendo que retirem o trecho. A Pesquisa Básica é aquela para promoção de novas teorias. Praticamente todas as pesquisas nas áreas de Ciências Sociais Aplicadas, como o Turismo, na Administração são Aplicadas. Analisem novamente o arcabouço teórico de Pesquisa Básica e Aplicada para não confundirem o Método e colocar a perder toda a pesquisa.

Foto do Usuário José Eduardo De Carvalho Lima 09-02-2021 12:50:35

Se possível atualizar algumas referencias considerando o período de tempo.

Foto do Usuário Carlos Vinicius Pereira Barbosa 09-02-2021 12:50:35

O tema proposto é muito relevante, nos vivemos em uma era empreendedora, e nosso país precisa de mais pesquisa e incentivos voltados a área do turismo. Nossas terras são ricas em biodiversidade e pode mudar todo cenário econômico explorando o turismo.

Foto do Usuário Claudio Burlas De Moura 09-02-2021 12:50:35

O título de uma tabela, quadro ou figura deve constar sempre na mesma página da ilustração. A ABNT prescreve que os unitermos das palavras-chave devem ser separados por ponto e não vírgula, hífen ou ponto e vírgula. Siglas devem ser precedidas por extenso e somente depois de esclarecido seu uso como sigla, utilizar a sigla no decorrer do trabalho, por exemplo, Instituto de Pesquisa Estratégica e Econômica do Ceará (IPECE), Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e não SEMACE, IBAMA etc. Há, referências do século passado, por exemplo, “Schumpeter (1988)”; As referências devem ser mais atuais. O texto carece de revisão gramatical, principalmente em relação aos elementos de coesão textual, além da ausência de vírgulas e de concordância numérica em algumas passagens da produção escrita. Termos estrangeiros devem estar grafados em itálico. O uso de caixa alta para créditos de autor ou entidade citada deverá ser adotado quando dentro de parênteses, por exemplo, (SEBRAE, 2020) e não SEBRAE (2020), ainda que “SEBRAE” seja uma sigla e, portanto, grafada em maiúsculo. Se há, conforme os próprios autores explicitam “interpretações de dados e análise de documentos escritos”, então, trata-se também de uma pesquisa documental e isto deveria ter sido acrescentado no delineamento metodológico. Termos que não são do uso comum como, termos técnicos ou jargões, por exemplo, “Cretáceo”, devem ser explicados sucintamente no corpo do texto ou em nota de rodapé. Os sobrenomes dos autores citados quando dentro de parênteses devem ser separados por ponto e vírgula e não “E”. Títulos de seções devem sempre estar na mesma página (“Considerações Finais”) do texto a que se refere. Todos os títulos das referências estão sem destaque e erradamente alinhados à esquerda e não justificados como prescreve a ABNT (NBR 6023) Perguntas: A pesquisa foi submetida à Plataforma Brasil ou Comitê de Ética em Pesquisa, haja vista que os autores citam a existência de Protocolo de Pesquisa? Sugestão: Realizar uma revisão do trabalho, objetivando os ajustes necessários. Discriminar melhor “abordagem psicológica ou Behaviorista, haja vista que induz a uma confusão terminológica; o Behaviorismo (Teoria Comportamental) é uma dentre várias linhas ou referencias teóricos na psicologia e os termos não são sinônimos.

Foto do Usuário Jussara Maria Lima 09-02-2021 12:50:35

O tema é de relevante importância e pode despertar o interesse em empreender na área do turismo em outras localidades, despertando um novo olhar sobre as possibilidades de cada região. O Brasil certamente possui vasto campo de exploração do turismo.