POR UM REGRAMENTO BASEADO EM COLABORAÇÃO EM REDES: Gestão participativa na UFPE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão de RH

Acessos neste artigo: 3


Certificado de participação:
Certificado de Giselly Karine de Souza

Certificado de publicação:
Certificado de Giselly Karine de Souza

AUTORIA

Paulo Henrique Marques De Oliveira , Katharine Galdino Maia Gomes Turmina , Gustavo Cesar Pereira De Santana , Rivanildo Valerino De Santana Junior , Giselly Karine De Souza

ABSTRACT
Este trabalho tem como objetivo analisar como se dá a gestão participativa nos colegiados de cursos de graduação do Centro de Informática da UFPE(CIn). Neste estudo são abordados conceitos que auxiliam na percepção dos fenômenos analisados, tais como os conceitos de administração funcional, de regras de negócio e de colaboração social. De maneira geral, os órgãos colegiados do Centro de Informática da UFPE(CIn) têm desenvolvido suas atividades envolvendo conceitos de colaboração: a coordenação, a comunicação e a cooperação. Imerso em uma estrutura organizacional baseada na administração funcional, o grupo pesquisado reconhece que os processos decisórios podem ser melhorados pelos avanços tecnológicos. Já a reunião presencial, com a participação e o engajamento de docentes e discentes, ainda é entendida como parte fundamental para discussões mais aprofundadas sobre as demandas dos cursos de graduação do Centro de Informática da UFPE(CIn), visto que, no processo de compartilhamento de ideias, de conhecimentos e de vivências, irão surgir novos conceitos como suporte para as decisões.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Rogério Vieira De Lima 09-02-2021 12:50:35

Tema importante e atual. Resultado coerente com o proposto. O assunto deveria ser discutido e implementado em outros ambientes públicos, de maneira a tornar a gestão mais colaborativa. Como sugestão, é interessante informar os significados das siglas. Como questão fica, como tornar a participação do técnico administrativo mais efetiva no colegiado? Já que o estatuto vigente, que teve a participação dos técnicos na elaboração, não está sendo seguido.

Foto do Usuário Poliana Karla Pedro De Oliveira 09-02-2021 12:50:35

Artigo demonstra a importância de uma liderança pautada na confiança de profissionais de diferentes níveis hierárquicos para a tomada de decisão. Uma temática bastante relevante que aborda um dos maiores centros de sucesso na Universidade Federal de Pernambuco o qual serve de modelo para que outros órgãos e entidades possam alcançar um melhor desenvolvimento administrativo e de relacionamento entre gestores e executores.

O artigo em análise pontua em seu apanhado conceitual, terminologias atuais e que requerem constantes investigações e aplicabilidades, dessa forma o mesmo se apresenta com uma abordagem atual e de muita relevância ao cenário científico. A gestão participativa ocupa um espaço muito importante em nossa sociedade, abrindo leques para as gestões tanto no âmbito privado como no público. A fundamentação teórica se pautou numa boa explanação sobre a temática trazendo referenciais significativos para a construção da ideia do tema explorado. Apenas a título de consideração, uma sigla poderia ter sido descrita, para alcance de todos da área, sendo o TICC, presente na página 4. Em visão geral, o artigo muito contributivo para o cenário acadêmico.

Foto do Usuário Carlos Henrique Maciel Cabral 09-02-2021 12:50:35

A temática apresentada é relevante e atual. Artigo conciso, claro e objetivo. O assunto é apresentado e desenvolvido de forma coerente e sequencial, com um referencial teórico compacto mas que contempla muito bem os aspectos teóricos. A apresentação do loco de estudo é clara, bem como a análise dos resultados responde ao objetivo do artigo. Formatação e redação excelentes. Como sugestão, seria de bom grado a realização de estudos posteriores similares com outros centros acadêmicos desta IES, a fim de identificar os pontos em comum e aqueles divergentes entre os centros, no que tange a gestão participativa. Por fim, faz-se o seguinte questionamento: para que seja exercida a gestão participativa em sua essência, a participação dos técnicos e discentes nos colegiados deveria ser igualmente nivelada com os docentes?

Foto do Usuário Paulo Henrique Meneses Brasil 09-02-2021 12:50:35

O artigo está muito bem escrito, apresentando respeito às normas cultas da língua portuguesa, assim como bem dividido quanto ao que se espera de um artigo científico. Houve boa explanação do referencial teórico, da metodologia a ser utilizada e dos resultados alcançados. Para fins de reflexão gostaria de fazer a seguinte pergunta, que também serve como sugestão para futuros estudos: O artigo fala que não há participação dos técnicos administrativos nos órgãos colegiados dos cursos do CIn. Diante disso, qual a percepção que os técnicos possuem sobre não participar desses órgãos e até que ponto isso interfere em sua motivação no trabalho, uma vez que as decisões tomadas interferem, diretamente ou não, em suas rotinas de trabalho?

Foto do Usuário Bruno Penin Dos Passos 09-02-2021 12:50:35

O tema é pertinente, uma vez que é crescente o debate sobre gestão participativa e seus resultados nas organizações. O texto apresentado é coerente, coeso e respeita a norma culta gramatical. A revisão da literatura está robusta, mas sugiro trazer para a discussão uma referência mais atual. A metodologia está adequada e se apresenta como um caminho metodológico que pode ser aplicado em outros espaços organizacionais. Este trabalho representa uma importância política, social, organizacional e contribui para a reflexão sobre a implementação de gestões participativas nas instituições. Para finalizar, deixo a seguinte pergunta: Quais ações podem ser implementadas para viabilizar uma gestão participativa m.ais efetiva nos colegiados dos cursos de graduação do Centro de Informática da UFPE.