Germinação de pimentão em resposta a aplicação de cinza vegetal

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Ciências do solo

Acessos neste artigo: 3


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Jefrejan Souza Rezende

ABSTRACT
Objetivou-se com esse estudo avaliar a germinação de mudas de pimentão em função da aplicação de cinza vegetal. O experimento foi realizado em ambiente protegido, localizado na Universidade Estadual do Piauí (UESPI), no município de Picos. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com oito tratamentos e cinco repetições, totalizando 40 parcelas. Os tratamentos avaliados foram compostos da combinação de cinza vegetal e solo na base de volume, além do uso do substrato comercial, Tropstrato HT® recomendado pra cultura. Foi utilizado um solo proveniente de uma área de vegetação nativa da UESPI. A cinza vegetal foi coletada em fornos de cerâmicas do município de Picos-PI. A cultivar utilizada foi o pimentão da marca comercial casca dura Ikeda. A semeadura foi realizada em vasos, com capacidade para 2000 ml, com 5 sementes.vazo-1, na profundidade de 0,5cm. A irrigação foi conduzida de forma a atender a exigência da cultura. Aos 15 dias após semeadura, foi realizado o desbaste deixando apenas uma planta vaso-1.  Aos 10 dias após semeadura foram avaliadas a Porcentagem de germinação e o índice de velocidade de germinação. As variáveis analisadas foram submetidas a analise de variância pelo teste F (P <0,05). As médias dos tratamentos foram comparadas entre si pelo teste Skott Knott a 5% de probabilidade de erro. Os tratamentos: 100% solo, 05, 10 e 20% de cinza vegetal e o substrato comercial proporcionaram os maiores valores dos índices germinativos. Acima de 20% de cinza vegetal, os parâmetros germinativos foram reduzidos drasticamente.
Palavras-chave: Capsicum annuum L., adubação orgânica, substrato alternativo.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Stefanie Lais Kreutz Rosa 09-02-2021 12:50:35

O uso de subprodutos provenientes da queima de lenha e cera de carnaúba e tijolos como fonte alternativa de adubação é uma excelente opção para o uso sustentável destes resíduos. A adoção desta prática, além de melhorias PG e IVG, é uma alternativa viável

Foto do Usuário Cristiano Nunes Nesi 09-02-2021 12:50:35

Tema relevante e trabalho bem escrito. Enriquecerá a literatura na área quando publicado!

Foto do Usuário Willian Fernandes De Almeida 09-02-2021 12:50:35

Trabalho interessante. Ao ler o trabalha cheguei a seguinte reflexão: a cinza é um resíduo e como tal precisa de uma destinação, uma solução seria usá-la como substrato na germinação do pimentão; pelos resultados apresentados é possível verificar que a proporção de até 1:5 (cinza:solo) não prejudica a germinação, já que não houve diferença significativa entre as médias dos T1, T2, T3, T4 e T8, enquanto que acima dessa é prejudicial. ''Sugiro'' essa reflexão como forma de melhorar sua primeira conclusão.

Foto do Usuário Flávio Da Silva Costa 09-02-2021 12:50:35

O tema do artigo é relevante. Há coerência entre título, objetivo e conclusões. A metodologia está bem apresentada, descrevendo-se detalhadamente os procedimentos utilizados no estudo. A discussão está coerente e os resultados foram bem descritos. Considerando que um dos pontos fortes do trabalho é oferecer uma alternativa para o uso da cinza vegetal, sugiro que a primeira conclusão aborde a possibilidade do incremento de até 20% de cinza ao solo para a germinação de pimentões, de acordo com a estatística, sem prejuízos para a cultura.