USO DE SUBSTRATOS ORGÂNICOS NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE Capsicum frutescens

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Acessos neste artigo: 3


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Andrey Luis Bruyns De Sousa , Lucas Lima Mascarenhas , Luciana Nunes Da Silva , Fábio Rodrigues De Magalhães , Rafael Augusto Ferraz , Rondon Tatsuta Yamane Baptista De Souza , Silvio Gonzaga Filho

ABSTRACT
A produção de mudas de pimentas comerciais na região Norte vem crescendo nos últimos anos influenciada pelo consumo e sua versatilidade culinária, industrial, ornamental e pelas suas características medicinais. Uma das etapas para a produção de mudas, é a escolha de um substrato adequado, onde a muda se desenvolva até atingir porte para ser plantada em local definitivo. O objetivo avaliar caracteres agronômicos na formação de mudas de pimenteiras da variedade Boyra Habanero Vermelha (Capsicum frutescens) em diferentes substratos orgânicos. A pesquisa foi realizada no período 07 de junho a 19 de julho de 2019 no Instituto Federal do Amazonas, Campus Itacoatiara, em ambiente de viveiro coberto com tela de sombreamento a 70%. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com 3 repetições de 16 sementes cada, totalizando 48 sementes por tratamento. Seis substratos foram testados: T1 – Testemunha – 100% terra preta de índio (TPI); T2 - Húmus de minhoca (HM) + TPI – 1:1; T3 – HM + casca de coco em pó e TPI - 1:1:1; T4 - Composto orgânico e TPI – 1:1; T5 - composto orgânico, casca de coco em pó e TPI - 1:1:1; T6 - esterco de galinha, casca de coco em pó e TPI - 1:1:1. Foram realizadas contagens diárias do número de plântulas emergidas para o posterior cálculo da porcentagem de germinação (PG). Em seguida foram avaliados a altura das plântulas (H) determinados com o auxílio de uma régua de metal graduada em cm. Para comparação das médias foi utilizado o teste de Tukey a 5% de probabilidade. A pimenta Boyra Habanero obteve uma média de altura de 4,13 cm, sendo o T2, o tratamento que obteve o melhor desempenho. Pode-se concluir que é possível produzir mudas de pimenteiras com substratos orgânicos de baixo custo de forma eficiente.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Walter Aparecido Ribeiro Júnior 09-02-2021 12:50:35

O título do trabalho a primeira vista parece adequado e interessante, contudo conforme procede-se a leitura do trabalho é possível constatar que existe uma leve confusão dos autores em relação ao tema do mesmo, trata-se de um estudo de substratos ditos orgânicos ou de uma adubação orgânica? É de extrema importância que isto fique claro tendo em vista a importância da agricultura mais ecológica e mais sustentável. Além disso, o autor deve respeitar as normas de nomenclatura botânica, quem é ou quem são os descritores da espécie Capsicum frutescens? O resumo é bem escrito e adequado. Na introdução algumas sugestões para melhoria do trabalho. Primeiro paragrafo: ''(...) substrato para o cultivo, e testar os que mais se adaptam (...)'' sugestão: ''(...) substrato para o cultivo, e é necessário que se teste os que mais se adaptam às condições climáticas regionais (...).; Segundo paragrafo: ''(...) para a produção de mudas, sendo que a crescente utilização (...)'' sugestão: ''(...) para a produção de mudas, a crescente utilização (...)'' isso pois a resposta vem logo a frente ''(...) reflete a necessidade de práticas agrícolas sustentáveis (...)''.; Terceiro paragrafo: Sugestão: ''Atualmente são pautadas discussões (...)''. Uma duvida, o que seria paú? caso se trate de pau no sentido de madeira, acredito que o termo seja pouco adequado e poderia ser utilizado algum termo melhor que faça referencia a madeira ou a restos de produtos madeireiros. No final da introdução, no objetivo, o projeto trata-se na realidade de um trabalho, sendo assim deve-se substituir o termo projeto por trabalho, além disso surge a duvida, o trabalho tem por objetivo estudar substratos ou adubação orgânica? No paragrafo anterior, é preciso ressaltar que não existem métodos de pragas e doenças, mas sim métodos de controle de pragas e doenças. A introdução é bem longa, mas defende a importância do assunto, contudo para que fique esteticamente e visualmente mais agradável a sugestão é de que os parágrafos curtos sejam agrupados, afim de que haja uma certa padronização e que se diminua o numero de parágrafos no texto. Na metodologia não é necessário descrever o objetivo do trabalho novamente e o mesmo é diferente do objetivo anterior apresentado, dessa forma qual o real objetivo do trabalho? mudar o ''(...) é de 72% (...)'' para ''(...) era de 72% (...)'' o trabalho já ocorreu, o texto deve aparecer no passado. Na descrição da irrigação ''(...) necessidade observada (...)'' O que é uma necessidade observada? Como eu posso determinar em que ponto passa a ser necessário que se proceda a irrigação? a forma como a irrigação supostamente ocorreu não se refere a um método cientifico, pois não é possível ser repetido, tendo em vista que a necessidade para os autores do presente trabalho podem não representara necessidade para outrem. Nos resultados e discussão é relatado ''(...) o efeito químico e físico dos substratos não foi importante (...)'' onde estão descritas as características químicas e físicas dos substratos utilizados? Não foi realizado nenhum teste de pH e condutividade elétrica dos mesmos, fica um pouco difícil a compreensão sem os resultados das avaliações. Em: ''(...) dos 06 tratamentos, as 04 cultivares superiores não diferiram (...)'', quais cultivares?? A pesquisa não faz uso de uma unica variedade de pimenta?? Fica um pouco confuso e difícil de compreender. Em: ''(...) Segundo o trabalho de Silva et al., (2013)(...)'' sugestão: ''(...) Segundo Silva et al., (2013) (...)'' não é necessário falar sobre o trabalho pois o mesmo será descrito e discutido com os dados obtidos no trabalho. Além disso em: ''(...) Esse resultado deixa aparente (...)'' Qual resultado?? os de Silva et al., (2013) ou os dos autores do presente trabalho?? Ficou confuso. Na conclusão, o segundo paragrafo é interessante, mas torna-se desnecessário, além disso é imprescindível lembrar que o T6 não é recomendado para produção de mudas de pimenta para as condições em que o mesmo foi utilizado, pode ser que em outras condições a mistura-se demonstre ser a melhor ou novamente a pior. Nas referencias, apesar do congresso não ter exigências com relação a normas, é imprescindível lembrar da ABNT e a uniformização das referencias citadas torna o trabalho mais agradável e melhor esteticamente.

Foto do Usuário Andrey Luis Bruyns De Sousa 09-02-2021 12:50:35

De uma forma geral o trabalho é simples, possui poucos resultados, porém acrescenta informações úteis para a região

Foto do Usuário E Dna Antônia Da Silva Brito 09-02-2021 12:50:35

Trabalho escrito muito bom, só deveria ter aprofundado mais o referencial teórico, mas muito interessante.

De maneira geral o trabalho possui grande relevância tanto para a região de estudo, quanto para pequenos produtores da agricultura familiar.