TESTE DE ENVELHECIMENTO ACELERADO EM SEMENTES DE CHIA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Acessos neste artigo: 4


Certificado de participação:
Certificado de Luana De Carvalho Catelan

Certificado de publicação:
Certificado de Luana De Carvalho Catelan

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Luana De Carvalho Catelan , Luana De Souza Marinke , Júlia Pedroso Dias , Carla Coppo , Lúcia Sadayo Assari Takahashi

ABSTRACT
O cultivo de chia (Salvia hispanica L.) tem aumentado no Brasil, especialmente na região noroeste do Rio Grande do Sul. Um dos principais fatores responsáveis pelo sucesso de uma cultura é a qualidade de sementes e esta pode ser verificada por meio de testes de vigor, como o de envelhecimento acelerado. Existem, para espécies, indicações de temperatura e período de condicionamento adequados, porém para as sementes de chia não há. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho foi avaliar diferentes períodos e temperaturas de envelhecimento acelerado para sementes de chia. O experimento foi realizado com delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. Foi utilizado um lote de sementes de chia com vigor de 86% e viabilidade de 90%, determinados através dos testes de germinação e primeira contagem. Para a realização do teste utilizou-se temperatura de 42 ºC, nos períodos de 24, 36, 48, 60 e 72 h. Após a permanência das sementes na câmara de envelhecimento, foi realizado o teste de germinação. As médias foram submetidas ao teste de Tukey, a 5% de probabilidade. As sementes apenas germinaram nos períodos de 24 e 36 horas, sendo o de 24 h o que apresentou melhor resultado. Dessa forma, conclui-se que a metodologia indicada para o envelhecimento acelerado em sementes de chia é de 42 ºC por 24 h, sendo necessários mais estudos em relação as mudanças na temperatura.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Luana Taina Machado Ribeiro 09-02-2021 12:50:35

O trabalho é muito relevante, visto que não há estudos com semente de chia e vem se tornando uma cultura importante, nessa década que os hábitos saudáveis vem crescendo. Parabéns, o texto está bem claro e de fácil entendimento ao leitor.

Foto do Usuário Alessandro Borini Lone 09-02-2021 12:50:35

Poderia ter sido avaliado períodos mais curtos (8, 10, 12 horas) e outras temperaturas. Pelo proposto, o trabalho está bem redigido.

Foto do Usuário Marinara Ferneda Ventorim 09-02-2021 12:50:35

Parabéns pelo trabalho. Sugiro a utilização de períodos mais curtos de envelhecimento e talvez temperatura. O trabalho está bem escrito e justificado.

Foto do Usuário Júlio César Altizani Júnior 09-02-2021 12:50:35

O trabalho apresentar relevância por abordar a aplicabilidade de um importante teste de vigor (envelhecimento acelerado) em uma espécie pouco estudada e com crescente interesse agronômico. Entretanto, é preciso discutir melhor os aspectos ligados ao vigor das sementes. No mais, bom trabalho, sugiro o estudo do efeito de diferentes temperaturas na condução do teste. Como pergunta, gostaria de saber se durante a condução do teste de envelhecimento acelerado ocorreram problemas relacionados a incidência de fungos.