ACÚMULO DE FORRAGEM DE Brachiaria brizantha CV. XARAÉS COM DIFERENTES FONTES DE NITROGÊNIO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Ciências animais / Zootecnia

Acessos neste artigo: 2


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível
AUTORIA

Gabrielle Santos De Carvalho , Camilla Araújo Do Nascimento Rezende , Ingrid Araújo Lima , , Maria Leonor Garcia Melo Lopes De Araujo , Luis Henrique Almeida De Matos , Gleidson Giordano Pinto De Carvalho , Douglas Dos Santos Pina , José Octávio Costa Da Silva , Carlindo Dos Santos Rodrigues , Carlindo Dos Santos Rodrigues

ABSTRACT
Fontes de fertilizantes de lenta liberação do nitrogênio, tem potencial de redução de perdas por volatilização, podendo promover aumento da eficiência do nitrogênio aplicado sobre o acúmulo de forragem. Objetivou-se avaliar o efeito da adubação nitrogenada com diferentes doses e fontes de nitrogênio no acúmulo de forragem em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Xaraés, a cada ciclo de produção. O experimento foi realizado na Fazenda Talitha localizada em Monte Gordo, Camaçari – BA , com duração de 380 dias, dividido em três períodos (transição água/seca com 123 dias, seca com 97 dias e água com 160 dias). O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com esquema fatorial 3x2x4, sendo três períodos experimentais (transição água/seca, seca e águas), duas fontes de nitrogênio (ureia e ureia com inibidor de urease- NBPT) e quatro doses de N.ha-1. Ano (0, 80, 160 e 240 kg N. ha-1, além do tratamento que não recebeu fertilizante nitrogenado. Foram avaliados o acúmulo de forragem por dia e por clico de produção. O acúmulo de forragem por dia e ciclo, tiveram efeito significativo para a interação entre período do ano e doses de nitrogênio. O aumento das doses de nitrogênio até 240 kg. ha-1 .ano-1 no capim Brachiaria brizantha cv. Xaraés promove aumento no acúmulo de forragem por ciclo nos períodos das águas e transição aguas seca.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Denise Adelaide Gomes Elejalde 09-02-2021 12:50:35

A informação a seguir, não deve ser parte dos resultados e discussão e sim da metodologia: "Os ciclos de pastejos foram considerados como o tempo entre a saída dos animais quando o pasto atingia uma altura de dossel de 15 cm (pós-pastejo), até esse dossel

Foto do Usuário Gustavo Gomes Lima 09-02-2021 12:50:35

Trabalhos como esses ajudam bastante no planejamento forrageiro na propriedade rural.

Foto do Usuário Felipe Jochims 09-02-2021 12:50:35

Bom trabalho, no entanto necessita mais atenção a redação. Como é no formato de resumo expandido, a utilização de parágrafos é permitida e ajuda muito na fluidez da leitura. Além disso, a interação poderia ser melhor explorada para explicar os resultados.

Foto do Usuário Lisandra Lima Luz 09-02-2021 12:50:35

Experimento muito bem realizado, de acordo com nossa atualidade e necessidade. A tabela com os resultados faltaram se melhor apresentada e detalhada, ficou um pouco confusa com relação aos resultados.

Foto do Usuário Andressa Radtke Baungratz 09-02-2021 12:50:35

Sugestão: Na discussão é comentado sobre o pastejo dos animais, mas em nenhum momento do material e métodos essa informação aparece, sugiro que inclua qual espécie animal foi utilizada e informações da mesma como peso médio e idade aproximada, assim como raça. Pergunta: Já que conforme a discussão o presente experimento teve interferência de animais (pastejo), os resultados obtidos podem ter sido influenciados pela atividade de pastejo? Se sim, como?