INFLUÊNCIA DA HOMOGENEIZAÇÃO NO TAMANHO E POLIDISPERSÃO DE NANOPARTÍCULAS LIPÍDICAS CARREADAS DE CURCUMINA (Curcuma longa)

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Tecnologia de Alimentos

Acessos neste artigo: 2


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível
AUTORIA

Amanda Tibães Lopes , Daniela De Oliveira Teotônio , Irene Andressa , Isabela Costa Onnis , Hygor Lendell Silva De Souza , Romário Oliveira De Andrade , Joyce Maria Gomes Da Costa

ABSTRACT
A nanoencapsulação é um importante campo da nanotecnologia que envolve o aprisionamento de agentes bioativos dentro de materiais de suporte em escalas nanométricas. As nanopartículas se apresentam em duas gerações sendo a primeira geração denominada nanopartícula lipídica sólida (SLN), e a segunda geração nanopartícula lipídica carreadora (NLC). O objetivo do presente trabalho foi verificar a influência da homogeneização no tamanho e na dispersão das nanopartículas lipídicas carreadas de curcumina. As amostras de NLC e SLN foram preparadas por dupla emulsão através de homogeneização sem calor seguida de sonicação, e as medições do diâmetro médio e índice de polidispersão (IP) das nanopartículas foram obtidas. Os resultados do diâmetro médio das amostras de NLC e SLN de curcumina foram de, respectivamente, 332 nm e 310 nm; A formulação controle obteve valores que variaram de 456 nm para NLC e 324 nm para SLN. Quanto ao tamanho as formulações de NLC e SLN de curcumina não apresentaram diferença significativa de acordo com o teste t-Student a 5% de significância, quando comparadas entre si. Entretanto as amostras da formulação controle (sem curcumina), apresentaram diferença estatística pelo mesmo teste.  O IP das nanopartículas contendo curcumina apresentou valores médios de 0,33 para NLC, e 0,28 para a SLN; o controle apresentou valores de 0,40 e 0,31 para NLC e SLN, respectivamente. As formulações de NLC e SLN de curcumina e controle não apresentaram diferença significativa pelo teste t-Student a 5% de significância quando comparadas entre si.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Maria Aparecida Antunes 09-02-2021 12:50:35

Olá! O trabalho está bem redigido e alinhado às pesquisas atuais. Porém, uma pergunta: vocês testaram o produto que desenvolveram em algum alimento? Se sim, sugiro que relatem os resultados, mesmo que os ensaios tenham sido preliminares. Parabéns à equipe! Maria Aparecida Antunes

Foto do Usuário Melina Aparecida Plastina Cardoso 09-02-2021 12:50:35

Tema extremamente relevante, principalmente sob a perspectiva da cúrcuma ser utilizada tanto como tempero como, nutricionalmente falando, anti-inflamatório. Acredito que este trabalho sirva, inclusive, de base para outros trabalhos da área de nutrição ou tecnologia, que tenham como objetivo a utilização desta como antioxidante também.

Foto do Usuário Ezequiel José Pérez Monterroza 09-02-2021 12:50:35

Trabalho excelente, apresenta dados relevantes. Parabéns.