OCORRÊNCIA DE PODRIDÕES DO COLMO EM VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR E USO DE AGENTE DE BIOCONTROLE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Fitopatologia

Acessos neste artigo: 3


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Márcia Aparecida Cezar , Wycleff Hugo Henrique De Sousa Freitas , Ozania Felizardo De Oliveira , Roberto Balbino Da Silva

ABSTRACT
As podridões do colmo limitam a produtividade da cana-de-açúcar, devido a inversão da sacarose, diminuindo a pureza do caldo. Atualmente, o manejo é feito a partir de aplicações de fungicidas, no entanto, não existem produtos indicados para todos os patógenos causadores. Desse modo, a utilização do controle biológico pode constituir-se em um método alternativo de controle. Objetivou se avaliar a ocorrência de podridões em cinco variedades (RB 86 3129, RB 86 7515, RB 92 579, RB 93 1003, RB 00 2754) cultivadas na Paraíba, bem como verificar o efeito “in vitro” de Metarhizium anisopliae sobre o patógeno causador de podridão na cana-de-açúcar. O patógeno foi isolado a partir dos colmos de variedades com sintomas de perfuração e podridão. Para o teste de inibição do patógeno, foi utilizado um isolado de M. anisopliae. O teste foi realizado em placas de Petri de 90x15 mm, contendo batata-dextrose-ágar, e antibiótico, onde foi inoculado um disco do antagonista de 0,5 cm de diâmetro e levado para uma câmara tipo BOD a 26 ° C. Após cinco dias, as placas foram inoculadas com o patógeno. As avaliações foram realizadas aos 5, 7, 9 e 11 dias, medindo o diâmetro das colônias. No isolamento, verificou-se que o agente da doença pertence ao gênero Fusarium sp., que foi detectado em todas as variedades analisadas. O teste de antagonismo “in vitro” proporcionou uma redução de 52,2% no crescimento de Fusarium sp. na presença de M. anisopliae.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Juliana Cristina Sodario Cruz 09-02-2021 12:50:35

Estudos envolvendo o uso de agentes biológicos para o controle de doenças em cana-de-açúcar são de extrema importância, pois colaboram com o manejo da cultura de forma mais sustentável, e este trabalho certamente traz consideráveis contribuições para o se

Foto do Usuário Otília Ricardo De Farias 09-02-2021 12:50:35

Tema de grande importância, tendo em vista o aumento da agricultura sustentável, que visa a utilização de produtos que não causem danos ao meio ambiente e ao homem e que ao mesmo tempo controle de forma eficiente os patógenos, que responsáveis por danos significativo nas culturas. Trabalho segue uma sequência lógica. Como sugestão alteraria a introdução, deixando em texto corrido sem separar em subtópicos. Em resultados, revisar o primeiro subtópico, está confuso. Na conclusão retirar ''Não foram encontradas estruturas morfológicas (vegetativas ou reprodutivas) de Colletotrichum falcatum''. Redija a conclusão conforme os objetivos estabelecidos e resultados encontrados.

Foto do Usuário Raquel Maria Da Silva 09-02-2021 12:50:35

Boa tarde. O trabalho apresenta relevância e sendo bem atual. Visto que a fitossanidade impacta no custo de produção e consequentemente na produvidade. Os métodos utilizados foram adequados, ficam claro na visualização das placas com crescimento micelial. Grande Abraço virtual.

Foto do Usuário Daniela Da Silva Andrade 09-02-2021 12:50:35

boa noite. A temática abordada no trabalho apresenta relevância para a agricultura brasileira e agronegocio. Utilizar produtos biológicos no controle de doenças está em alta nos estudos visto os benefícios . Gostei da demonstração dos resultados e a clareza.