Reação de porta-enxertos à gomose de Phytophthora

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Fitopatologia

Acessos neste artigo: 2


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível
AUTORIA

Luana Aparecida Castilho Maro , André Boldrin Beltrame , Keny Henrique Mariguele

ABSTRACT
O Brasil é um importante produtor de citros. Entre os problemas enfrentados pelos produtores
esta a gomose de Phythophthora. O plantio de copas enxertadas sobre porta-enxerto
resistente é a principal medida de controle dessa doença em solos contaminados. Nesse
sentido, o presente trabalho teve por objetivo estudar a resposta de híbridos naturais e
segregantes e de cultivares de citros à infecção por Phytophthora nicotianae. Para isso,
plântulas de citros foram inoculadas com P. nicotianae e a avaliação dos sintomas no
lenho de cada planta foi avaliada quatro meses após a inoculação. Verificou-se que seis
híbridos estudados apresentaram lesões de tamanho semelhante a do e citrumeleiro
Swingle, que é um cultivar resistente a essa doença.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Natália Deniz Brito 09-02-2021 12:50:35

Faltou discutir os resultados, principalmente enfatizado a importância.

Foto do Usuário Maria Cristina Canale 09-02-2021 12:50:35

Trabalho bem escrito, sem aparentes erros de português. A citricultura é uma atividade importante para a agricultura familiar catarinense, e é importante que se conheça a reação de materiais genéticos à patógenos. A metodologia está adequada e os dados foram submetidos à análise, com alternativas promissoras de porta-enxertos com resistência à gomose. Parabéns aos autores!

Foto do Usuário Samantha Zanotta 09-02-2021 12:50:35

O artigo apresenta um tema bastante importante, uma vez que a gomose está cada vez mais presente na vida do citricultor. No entanto indicaria revisar os resultados e acrescentar discussão para enriquecer mais o trabalho.