PRODUTIVIDADE DE MATÉRIA SECA Brachiaria (Syn. Urochloa) brizantha CULTIVARES XARAÉS, BRS PAIAGUÁS E MARANDU SUBMETIDAS À ADUBAÇÃO ORGÂNICA E MINERAL

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Ciências animais / Zootecnia

Acessos neste artigo: 2


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Caroliny Fatima Chaves Da Paixão , Marconi Batista Teixeira , Leonardo Nazário Silva Dos Santos , Frederico Antonio Loureiro Soares , Leandro Coelho De Araújo , Aurélio Ferreira Melo , Edson Cabral Da Silva , Vitor Marques Vidal , Fernando Nobre Cunha , Jaqueline Aparecida Batista Soares , Laura Campos De Lira , Leydiane Pereira Dias , Leonardo Rodrigues Dantas , Luiz Fernando Gomes , Thacyelle Ferreira De Jesus , Oswaldo Palma Lopes Sobrinho

ABSTRACT
Como grande produtor de aves, o Brasil optou pela adoção de sistemas de produção baseados em confinamento de animais. Um dos resíduos provenientes deste tipo de exploração, é a cama de frango, uma mistura rica em matéria orgânica e em nutrientes. Assim, objetivou-se com o presente trabalho avaliar os efeitos de diferentes doses de cama de frango e da adubação NPK mineral na produtividade de matéria seca forragens em diferentes cultivares de Brachiaria (Syn. Urochloa) brizantha em um Latossolo Vermelho de Cerrado. O experimento foi conduzido na estação experimental do Instituto Federal Goiano – Campus Rio Verde – GO, no período de novembro de 2016 a setembro de 2017. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, com 12 tratamentos e quatro repetições, analisado em esquema de parcelas subdivididas 4 x 3. As parcelas compreenderam quatro níveis de adubação mineral: Sem adubação (solo natural); 5 t ha-1 de cama de frango; 10 t ha-1 de cama de frango; e 15 t ha-1 de cama de frango; enquanto as subparcelas compreenderam três cvs. de Brachiaria (Syn. Urochloa) brizantha: cv. Marandu, cv. BRS Paiaguás e cv. Xaraés. O material colhido foi acondicionado em sacos de papel e colocado para secar em estufas, até atingir massa constante, e em seguida foi determinada a massa em balança de precisão e avaliada a produtividade de matéria seca por área. A cama de frango proporcionou incrementos na produtividade de matéria seca das cultivares de B. brizantha Marandu; BRS Paiaguás e Xaraés. Os maiores valores de produtividade de matéria seca de B. brizantha ocorreu no cultivar BRS Paiaguás com a aplicação de 15 t ha-1 de cama de frango.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Amanda Bender Ferreira 09-02-2021 12:50:35

Trabalho interessante que fala de um tema com uma abordagem diferente dos demais visto.

Foto do Usuário Bianca Lima Ferreira 09-02-2021 12:50:35

Assunto inovador e interessante. Tema que deve ser abordado.