PERFIL E PRÁTICAS DE INSERÇÃO INTERNACIONAL DAS EMPRESAS EXPORTADORAS DO SUL DE SANTA CATARINA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Globalização e Internacionalização de Empresas

Acessos neste artigo: 2


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

, Julio Cesar Zilli , Fernando Locks Machado , , Janini Cunha De Borba

ABSTRACT
Este artigo tem por objetivo apresentar o perfil e as práticas de inserção internacional das empresas exportadoras do Sul de Santa Catarina com enfoque nas cidades pertencentes à Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC). Metodologicamente, caracterizou-se com uma abordagem quantitativa, por meio de uma pesquisa descritiva, quanto aos fins de investigação, e bibliográfica e de campo, quanto aos meios de investigação. A população foi composta por 108 empresas exportadoras pertencentes a AMREC, com a participação efetiva de 47 empresas, compondo uma amostra não probabilística. A coleta de dados ocorreu por meio da aplicação de um questionário via Google Forms, durante os meses de setembro, outubro e novembro de 2019, comtemplando questões relacionadas ao contexto empresarial, modelo de gestão, ingresso e participação no mercado internacional. Constatou-se que são em sua maioria, empresas de médio porte, concentradas nas cidades de Criciúma, Içara e Morro da Fumaça, das quais caracterizam operação comercial interna, porém com excedentes ao exterior, comercializados principalmente com a América do Sul e América Central. Frente a inserção internacional das empresas respondentes, grande parte iniciou o processo a partir dos anos 2000, com predominância de atividade em exportação, com utilização tanto de operação direta como indireta (via trading company), das quais também tem se dedicado a conquistar novos mercados além daqueles que já possui atuação.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS