EFEITO DO SUBSTRATO E APLICAÇÃO DE ÁCIDO INDOLBUTÍRICO (AIB) NO ENRAIZAMENTO DE GOIABEIRA PELO MÉTODO DE ALPORQUIA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Horticultura

Acessos neste artigo: 2


Certificado de publicação:
Certificado de Maíra Tiaki Higuchi

Certificado de participação:
Certificado de Maíra Tiaki Higuchi

COMPARTILHE SEU TRABALHO

AUTORIA

Maíra Tiaki Higuchi , Arthur Astuti Dantas , Gabriel Danilo Shimizu , Luana Tainá Machado Ribeiro , Guilherme Suzano Beraldeli Da Costa , Alison Fernando Nogueira , Clandio Medeiros Da Silva

ABSTRACT
A obtenção de mudas de goiabeira pelo método de alporquia não é uma prática muito comum, porém, apresenta diversas vantagens em relação aos outros métodos de propagação vegetativa, podendo ser uma alternativa à estaquia. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito de dois substratos, e duas concentrações de ácido indolbutírico (AIB) no enraizamento de goiabeira utilizando o método de alporquia. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, em esquema fatorial 2x2 (duas concentrações de AIB e dois tipos de substratos), composto de quatro tratamentos e sete repetições. Foram realizados alporques em ramos vigorosos e uniformes de plantas de goiabeira, utilizando-se como substratos a vermiculita e o Tropstrato®. Aplicou-se o AIB com o auxílio de um pincel nas concentrações de 0 e 2.000 mg L?¹. As variáveis analisadas foram: porcentagem de enraizamento (% ENR); porcentagem de calejamento (% CAL); número de raízes (NR); comprimento da maior raiz (CR) e volume radicular (VR). Foi observada diferença significativa apenas para o fator dose, no qual a concentração de 2.000 mg L?¹ de AIB proporcionou um CR de 6,56 cm e um VR de 39,86 mL, um acréscimo de 52,2% e 69,1%, respectivamente. Conclui-se que a aplicação do regulador de crescimento estimulou o desenvolvimento radicular em alporques de goiabeira da cultivar ‘Kumagai’.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Silas Mian Alves 09-02-2021 12:50:35

Texto bem escrito; trabalho relevante, contribuindo para futuras pesquisas sobre o assunto

Foto do Usuário Rafael Roveri Sabião 09-02-2021 12:50:35

Não apresentou justificativas relevantes para investigar o método de propagação por alporquia, frente ao já estabelecido método por estaquia. Além disso, poderia trazer na metodologia alguns materiais alternativos e outros mais utilizados no processo, para efeitos de comparação, já que o método proposto se torna mais oneroso do que a estaquia.