INFLUÊNCIA DO EXTRATO DE SORGO (Sorghum bicolor L.) NA GERMINAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE SEMENTES DE SOJA (Glycine Max (L) Merrill.)

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Fisiologia

Acessos neste artigo: 2


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível
AUTORIA

Larissa Pacheco Borges , Luciano De Oliveira Santana , Anderson Dias Vaz De Souza , Fábio Santos Matos , Víctor Alves Amorim

ABSTRACT
O presente trabalho teve como objetivo analisar o efeito alelopático do extrato de sorgo sobre a germinação e desenvolvimento da soja. O experimento foi realizado no Laboratório de Fisiologia Vegetal da Universidade Estadual de Goiás Campus Sudeste, UnU-Ipameri. As diluições do extrato de sorgo foram de 80%, 60%, 40% e 20% com água destilada, sendo a mesma utilizada, também, como testemunha, resultando em seis tratamentos. O teste de germinação foi conduzido em papel germitest, com quatro repetições por tratamento com 50 sementes cada. Procedeu-se a análise das variáveis: porcentagem final de emergência (PFE), comprimento de parte aérea (CPA), massa fresca de plântula (MFP) e comprimento de raiz (Comp.Raiz). Para a variável PFE, os resultados foram positivos até atingir 46% da concentração do extrato de sorgo, enquanto para as demais variáveis analisadas, observa-se efeito negativo linear conforme aumenta a concentração do extrato. Portanto, o extrato de sorgo possui efeito alelopático sobre plântulas de soja, pois, diminui a germinação e desenvolvimento das sementes de soja podendo ser prejudiciais no estabelecimento da cultura quando implantada em sucessão ao sorgo.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Andresa Pereira Da Silva 09-02-2021 12:50:35

O artigo apresentado está bem escrito e dentro das nomas.

Foto do Usuário Marcelo Marcos Magalhães 09-02-2021 12:50:35

O trabalho é simples, porém interessante, mas deixou de apresentar a análise Multivariada.