DIAGNÓSTICO DE VIABILIDADE PARA O CULTIVO E COMERCIALIZAÇÃO DE PHYSALIS PERUVIANA, DIRECIONADO A AGRICULTURA FAMILIAR DA REGIÃO CENTRO SERRA DO ESTADO

Temas: Agricultura


Certificados:
Não disponível

Acessos nesse artigo: 1


AUTORIA

Amanda Bender Ferreira

ABSTRACT
A Physalis peruviana (lê-se fisális) é uma fruta comestível, que oferece benefícios a saúde e pode oferecer uma oportunidade de renda para a agricultura familiar. O estudo primeiramente tem o objetivo de analisar a viabilidade do cultivo da frutífera na região Centro Serra do Estado do Rio Grande do Sul/RS, analisando as características climáticas e demais variações para o desenvolvimento saudável da planta; por outro lado investigamos o mercado econômico para a comercialização da fruta: in natura ou beneficiada. A pesquisa foi desenvolvida com base em experiências vividas em um experimento conduzido no ano de 2017, em livros de literatura, internet e observações a campo. Pode-se concluir que o trabalho teve um resultado positivo analisando o ponto de vista de cultivo, considerando as premissas técnicas para cada etapa do cultivo e as instabilidades climáticas de cada safra, superando as expectativas perante as dificuldades de adaptação, a physalis produziu um bom fruto. Partindo da perspectiva econômica há um longo caminho para se trilhar, pois aspectos como cultura, saúde e qualidade de vida valorizam o consumo de produtos orgânicos, caseiros e saudáveis, porém nas pequenas cidades ainda cresce em marcha lenta, obviamente o consumo é inferior, mas com outra perspectiva é um mercado a ser descoberto e explorado.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Robson José Rodrigues Alves 09-02-2021 12:50:35

O trabalho está bem escrito, entretanto, há alguns erros ortográficos e de linguagem.

Foto do Usuário Júlia Pedroso Dias 09-02-2021 12:50:35

O trabalho não segue a padronização exigida. A introdução poderia conter mais citações. A metodologia e os resultados e discussão deveriam ser separados para melhor entendimento. Na metodologia, deve-se ter cuidado com os tempos verbais. Além disso, alguns parágrafos poderiam ser reformulados para tornar a leitura mais agradável, e a linguagem mais técnica. Há falta de virgulas. A Apresentação dos resultados obtidos com o estudo não estão claras ao leitor. Nas considerações finais aparecem muitos resultados. Tal item deve ser reformulado. O trabalho possui relevância, já que tal cultura vem ganhando cada vez mais espaço no pais inteiro.

Foto do Usuário Viviane De Jesus Carneiro 09-02-2021 12:50:35

O tema proposto é realmente muito relevante, tendo em vista o aumento no consumo e produção da espécie em questão, em todo o país. Mas alguns aspectos do artigo não foram tão bem explorados. Os autores devem ter cuidado com a escrita dos nomes científicos, onde o gênero deve ser começado em maiúsculo e tanto ele, quanto a espécie, devem ser escritos em itálico. Senti falta também de referências de informações importantes, citadas ao longo do texto. Devem se atentar também, ao uso correto dos nomes dos órgãos vegetais (o fruto não é envolto em uma folha). Há também alguns erros de concordância e ortográficos que precisam ser revistos. O tempo verbal utilizado na metodologia precisa ser revisado, pois como o trabalho já foi concluído, deve-se atentar em usar os verbos no passado. Acredito que a parte em que cita os métodos de condução (tutoramento) das plantas, poderia vir em um trabalho distinto, pois não era esse o objetivo do trabalho em questão. Não houve separação entre metodologia e resultados, por isso, todo o desenvolvimento pareceu estar dentro da metodologia, dessa forma, também não houve uma discussão dos dados coletados. As imagens devem ser precedidas de uma citação, para que só então sejam colocadas no texto, para situar o leitor do que está pretendendo mostrar. Se atentar também ao tamanho da fonte (tópico 2.6.6 Comercialização).