ESTIMATIVA DA EVAPOTRANSPIRAÇÃO DE REFERÊNCIA HORÁRIA E DIÁRIA COM O MODELO ASCE-PM

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Ciências do solo

Acessos neste artigo: 2


Certificado de participação:
Certificado de Aline Aparecida dos Santos

Certificado de publicação:
Certificado de Aline Aparecida dos Santos

AUTORIA

Aline Aparecida Dos Santos , Jorge Luiz Moretti De Souza , Stefanie Lais Kreutz Rosa

ABSTRACT
Teve-se por objetivo no presente trabalho verificar a magnitude e tendência (diária e estacional) da evapotranspiração de referência horária (EToh), bem como associar e analisar séries de ETo diária (ETod) e o somatório da ETo horária em 24 horas (ETo24h), estimadas com o modelo ASCE-PM, em dois tipos climáticos (Cfa e Cfb) do Estado do Paraná. Para a estimativa da ETo com o modelo ASCE-PM foram necessários dados climáticos de: umidade relativa máxima e mínima do ar (UR; %); temperaturas máxima e mínima do ar (T; oC); radiação solar (Rs; MJ m-2); e, velocidade do vento a 2 m de altura (u2; m s?1). Os dados climáticos horários são das estações meteorológicas Maringá (clima Cfa) e Curitiba (Clima Cfb), pertencentes ao Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), medidos no período entre 01 de dezembro de 2016 a 08 de novembro de 2018. A comparação entre os valores de “ETo24h vs ETod” foi realizada por meio da raiz quadrada do erro quadrático (RMSE), coeficiente de correlação de Pearson (r) e índice de concordância “d”. Nas análises observou-se que: i) Não houve variações significativas entre EToh para os dois climas analisados; ii) Os maiores valores de EToh em Curitiba (clima Cfb) e Maringá (clima Cfa) ocorreram entre 12:00 h e 14:00 h; iii) A tendência da EToh ao longo do dia assemelha-se a uma distribuição Gaussiana, correspondendo inversamente à umidade relativa e diretamente com temperatura, radiação solar incidente e velocidade do vento; iv) As associações “ETod vs ETo24h” tiveram ótimos resultados, indicando que a EToh tem bom potencial para ser utilizada no manejo e planejamento na área de engenharia de água e solo.

Para participar do debate desse artigo, .


Comentários
Foto do Usuário Yohanne Larissa Rita 09-02-2021 12:50:35

Artigo bem formulado e bem escrito. Abrange uma temática importante aos estudos climáticos e de dimensionamentos agrícolas, podendo ser utilizado na composição do balanço hídrico agrícola do Estado do Paraná.

O estudo com modelos matemáticos que visam associar fenômenos climáticos se torna cada vez mais essencial, visto a escassez de água sofrida pelas culturas. Além disso, o entendimento da interação de variáveis climáticas pode inferir situações futuras no m

Foto do Usuário Ariston Da Silva Melo Júnior 09-02-2021 12:50:35

Boa pesquisa e boa qualidade temática na coleta e analise dos dados.